sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Almas perdidas

Conheço cada
um dos seus gestos
os que se perdem no
espaço dos minutos
e os que ficam gravados
na minha memória,
os que escrevem a
nossa história...

E assim, caminhamos,
vencendo os dias,
escrevendo um tempo
de novidades,
acrescentando capítulos
a nossa história
e sem perceber,
escrevemos um romance,
"eu e você,
você e eu."

Assim,
o tempo traz o amadurecimento
que nos transforma,
sem olharmos no espelho
da saudade,
encaramos a realidade
dos dias,
e nos fazemos mais fortes
diante dos contratempos,
e nos esquecemos das
brigas sem sentido,
e nos prendemos ao que
realmente importa,
e o que realmente importa é calmo,
é sereno,
é como um velho vinho
adormecido,
desperto pelo abrir da
rolha ressequida,
safra inebriante,
deliciosa, única.

Somos então,
almas perdidas que se
encontraram,
presos na teia do amor,
que quanto mais antigo,
mais novo,
mais rejuvenescidos pelas
experiências,
por que somos
eternos na forma de amar.
"eu e você,
você e eu."
para sempre,
ainda que a eternidade seja
um breve espaço no tempo,
nós escrevemos a nossa
vida num único caderno.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 28 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Sobre o vazio...

Passei muito tempo tentando
“suprir meus vazios”
até descobrir que o que
apertava o meu peito era a
quantidade de entulhos
emocionais que eu carregava.

Eu precisava era do vazio
para me sentir internamente arejada
e com bastante espaço para crescer.
A angústia não é um vazio,
é uma corrente que se arrasta.

O vazio é uma possibilidade,
uma lacuna a ser preenchida,
um espaço
para uma decoração nova.
Precisamos de páginas
em branco para
que nasçam poemas,
de recipientes disponíveis,
de um coração espaçoso,
de uma alma livre,
de uma mente aberta.

O vazio só existe
para os desapegados,
para os que suportam e celebram
o silêncio que possibilita-nos
ouvir os sussurros da intuição
e não os gritos infantis
dos desejos imediatos.

O vazio é uma esperança maciça.
Ele não é apenas a falta
que nos move e motiva,
mas a lembrança mais genuína
de que somos seres inacabados
e que precisamos
nos construir diariamente,
incansável e eternamente.

O vazio não é um abandono de si,
é um reconhecimento do eu,
um convite para o Outro,
algo que deve ser preenchido
temporariamente,
dentro do mesmo movimento
 humano de acordar sempre
um desconhecido.

O vazio é uma curiosidade
 que ainda não foi desvendada.
É ter braços livres para o abraço
que acabará daqui a pouco,
mas que ecoará constantemente
na lembrança mais bonita.
Porque no toque intenso,
o afeto estava leve.

TEXTO DE: Marla de Queiroz

* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Culpar não tem nenhum efeito positivo...

"Quando você planta alface,
se ela não cresce corretamente,
você não culpa a alface,
mas procura as razões por
não estar dando certo.

Talvez precise
de mais fertilizante,
ou mais água,
ou menos sol.
Você nunca culpa
a alface.

No entanto,
se temos problemas com
nossos amigos ou nossa família,
nós culpamos a outra pessoa.
Mas se soubermos como
cuidar do outro,
ele irá crescer bem,
como a alface.

Culpar não tem
nenhum efeito positivo,
assim como tentar
persuadir usando a
razão e o argumento.

Essa é minha experiência.
Sem culpar,
sem raciocinar,
sem argumentar,
apenas compreender.

Se você compreende,
e mostra isso,
você pode amar,
e a situação irá se modificar."

TEXTO DE: Luiz Thich Nhat Hanh
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Nada fica sem resposta

A vida nos cobra tomar
decisões constantemente.
Cada escolha
determina um fato
no futuro.

Cada fato,
uma vivência inadiável.
Cada experiência,
uma mudança imposta.

Escolher é fácil quando
nossos sentimentos
e ilusões não estão
envolvidos.

Somos livres para
escolher nossas ações,
mas prisioneiros de suas
consequências.

Todo momento é
decisivo.

Temos que decidir
sempre entre o que é
bom e o que é mau,
entre nossas ambições
desmedidas e nosso
bom senso interior.

Por isso é preciso
descobrir se teremos a
coragem de ficar
do lado de nossa alma
ou se preferimos
mentir para nós
mesmos.

Mas,
seja qual for
a nossa escolha,
lembremos que
"nada fica sem
resposta".

TEXTO DE: Luiz Antonio Gasparetto
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Amanhã Será Outro Dia

Se as lágrimas rolam compulsivas,
Chore... Lave a alma...
Se a dor parece que vai fazer
Teu peito explodir,
Não te desesperes...
Peças forças a Deus,
Dias melhores hão de vir...

A ferida de hoje é a cicatriz de amanhã...
Um dia,
Esse triste momento
Será apenas uma lembrança...
Se há tempestade na tua existência,
tenha paciência...
pode até demorar,
mas um dia,
surgirá o arco-íris e com ele,
o sol... Se caíste, levanta-te,
reinicie a caminhada,
mesmo que seja do quilômetro zero...

Não desanimes,
não entregues os pontos...
Um dia, essas lágrimas secarão...
Estás descrente de tudo?

Tenha fé...
Mas o que é ter fé?
Ter fé é fechar os olhos
e jogar-se nos braços de Deus,
assim como a criança faz quando dizemos:
“PULE”!
E ela se joga confiante no ar,
pois crê que será aparada...
Faça assim,
joga-te com confiança nos braços de Deus...
Ele te sustentará e secará tua lágrima...
Confie!

Na vida,
tudo é aprendizado Só o
Pai sabe a hora de intervir
E mudar tua história...
E quando começar a atuar
Fará mais do que pediste...
Sua obra é completa...
Vamos, enxugue as lágrimas...
Erga a cabeça...
Siga em frente!
Confie!

TEXTO DE: Procura-se autor
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 23 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Os buracos não deixam de existir…

Se pensarmos na vida como
um longo caminho,
podemos fazer analogias
interessantes,
a começar pelos tão comentados
obstáculos que temos de
aprender a ultrapassar
ao longo dos anos…

Uns maiores, outros menores,
cada qual traz consigo
seu nível de dificuldade,
suas consequentes dores
e seus preciosos aprendizados.
Mas hoje quero falar,
sobretudo,
dos buracos.
Alguns rasos,
outros nem tanto.

E existem
também aqueles que,
de tão profundos,
 quando caímos neles
costumamos usar a expressão
“cheguei ao fundo do poço!”.

É claro que ninguém gosta de
cair em buracos.
Por menores e mais rasos
que sejam,
no mínimo nos desestruturam
e nos fazem perder o “rebolado”.
Mas o fato é que eles
fazem parte de todos os caminhos,
de todas as pessoas,
sem exceção,
embora sejam sempre únicos.

O problema é quando
alguém busca conhecimento,
 estuda e se sente tão crescido
que passa a acreditar que isso é o
suficiente para eliminar os
buracos de seu caminho,
para fazer com que eles
simplesmente não existam mais.
Iludido e enganado por si mesmo,
ao se deparar com um,
vai ter de lidar ainda com a decepção,
a frustração e a sensação
de que toda busca não
valeu de nada!

Não caia nesta armadilha!

Saiba de antemão que os
buracos vão existir pra sempre.
A diferença entre quem está
consciente de si e de seu
caminho e quem não está,
é que o primeiro vai saber evitar o
tombo desviando a tempo
do buraco ou,
pelo menos, levantar,
sair dele e seguir em frente
 mais rapidamente e,
tomara,
menos machucado.

E tem mais:
podemos perceber,
com a repetição de nossas quedas,
que muitos dos buracos de nossos
caminhos são incrivelmente parecidos,
justamente porque a função
deles é nos ensinar a mais
difícil de todas as lições.

Portanto,
se sua lição mais
difícil é aprender a ser
menos teimoso,
ou menos ansioso,
ou menos inseguro,
ou menos desconfiado,
note bem:
toda vez que você se
distrai ou acelera o passo
mais do que deveria,
cai num buraco em que
parece já ter caído inúmeras
vezes antes.

Não é o mesmo!
É outro! É novo!

Ele se repete à frente para
que você acorde e,
a cada queda,
consiga levantar com
mais habilidade,
e seguir em frente não
reclamando e se lamentando
por ter caído mais uma vez;
não se criticando e se culpando
por ter sido estúpido novamente.

Não!
Não há nenhuma
estupidez na repetição
do aprendizado,
 mas sim vivência,
privilégio e sabedoria!

Assim,
se você está agora no chão,
se acabou de cair num
buraco do seu caminho,
não se sinta uma vítima e sim
um escolhido pelo Universo
para se tornar mais forte e
mais preparado.
Erga-se, mesmo doendo.
Saia do buraco,
mesmo chorando.
E dê um passo à frente,
e depois outro e outro,
com a certeza de que pode
ir bem mais longe…

Outros buracos virão.
Novas cicatrizes ficarão
cravadas em sua alma.
E tudo isso será a prova
de que você não veio como
espectador e nem como
coadjuvante de sua história.
Você veio como protagonista
e vai chegar até o fim com a
dignidade de quem não apenas
cumpriu o seu destino,
mas o esculpiu com coragem,
fé e atitude!

TEXTO DE: Rosana Braga
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Oração é tudo de bom

Oração não é uma válvula de escape,
nem roteiro de fuga dos problemas,
nem repositório de mágoas ou queixas.
Oração é um tempo para a reflexão consciente,
uma volta ao interior ligação com o Criador,
de maneira inteligente.

Oração é o breque perfeito para as ações impensadas,
é uma ponte que liga o cérebro agitado,
com a serenidade das energias do bem,
com a sensação de paz que tanto ansiamos,
que não podemos viver sem.

Una a oração com um período de jejum,
que pode ser de alimentos ou de palavras,
e temos uma combinação perfeita,
uma simbiose entre o racional e o emocional,
que se entrelaçam para prover a sua estabilidade,
é um momento único que beira a plenitude da felicidade.

Por isso, não se atenha aos problemas,
fixe-se nas soluções, nas possibilidades.
Todo mundo carrega em si, dons especiais,
uma maneira de fazer diferente o que o mundo faz igual.
Pode ser uma simples varrição de ruas,
um artesanato, uma costura, uma invenção,
um bolo confeitado, ou um delicioso pão.

Em você, Deus deposita sementes preciosas,
e espera pacientemente, que elas venham florir,
e assim, um dia, quem olhar para você,
sinta também o desejo de sorrir,
pois verá no seu semblante sereno que diz,
que há um Deus que nos ama,
e convida a ser feliz.

Oração é a junção das palavras “orar + ação“,
por isso, nunca pare de lutar, não fique só no esperar.
É tempo de um novo tempo, é tempo de recomeçar.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Fevereiro de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.